Logomarca IBE

IBE é oficializado como ponto nacional do ERC

O Instituto de Estudos Brasil Europa (IBE), que mantém convênio com 14 universidades brasileiras e possui o intuito de fortalecer a educação superior no Brasil e promover o conhecimento mútuo entre o País e a União Europeia, foi oficializado neste mês de novembro pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) como ponto de contato no Brasil do programa Ideias/Conselho Europeu de Pesquisa (ERC).

A escolha havia sido definida em maio durante reunião no Ministério das Relações Exteriores (MRE) com o secretário-geral do ERC, Don Dingwell. O encontro teve a participação de representantes do MCTI, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), e indicou o IBE para ocupar a tarefa de divulgação e suporte aos nacionais brasileiros junto ao ERC.

Durante os dias 13 e 14 de novembro, representando o já oficializado ponto de contato nacional (NCP), o coordenador-geral do IBE esteve em Bruxelas para participar da 14ª reunião do ERC National Contact Points ao lado de diversos outros NCPs. O evento teve como pauta principal a discussão das estratégias do ERC para 2013.

O ERC foi criado há cinco anos como parte do 7º Programa Quadro da União Europeia e conta com um orçamento de 7,5 bilhões de euros para o período 2007-2011, o que representa cerca de 1,1 bilhão de euros por ano, correspondendo a 15% do orçamento total do Programa. No próximo Programa-Quadro (Horizon 2020) este orçamento deverá ser duplicado. O ERC apoia os pesquisadores individualmente, com base na excelência e sem prioridades temáticas. Proporciona a pesquisadores de qualquer nacionalidade e idade dois tipos de bolsas de longa duração que operam em base “bottom-up”: o “ERC Starting Grants” que oferece suporte a pesquisadores independentes em início de carreira; e o “ERC Advanced Grants” que apóia destacados líderes de pesquisas independentes já estabelecidas. 

O ERC é dirigido por um Conselho Científico composto por 22 cientistas encarregados de selecionar os membros dos painéis temáticos que avaliam os projetos submetidos ao ERC. Existem 25 painéis compostos por 10 a 15 pesquisadores. A avaliação considera tanto o currículo do proponente, quanto o mérito do projeto, com igual peso. Desde sua criação, o ERC apoiou cerca de 3 mil projetos.

 

http://erc.europa.eu/