Logomarca IBE

Carlos Manescy e Horácio Schneider são reeleitos reitor e vice-reitor da UFPA

Carlos Maneschy e Horácio Schneider foram reeleitos reitor e vice-reitor da Universidade Federal do Pará, respectivamente, para o quadriênio 2013-2017. A chapa Para Fazer Ainda Melhor acumulou 32,95 pontos, de um total de 6.440 votos, sendo 1.167 de docentes, 1.124 de técnico-administrativos, 3.506 de alunos de graduação e pós-graduação da UFPA.

Do total de eleitores que foram às urnas nesta quarta-feira, 5, em torno de 50% eram docentes e técnico-administrativos e 8,12%, estudantes. Apenas 5,42% votaram em branco e 4,75% votaram nulo.

Na última eleição, em dezembro de 2008, quando houve intensa disputa entre quatro chapas, os números ficaram em torno de 70% de técnico-administrativos e professores e em torno de 22% dos alunos. Agora, os únicos candidatos entraram no pleito eleitos, mesmo que obtivessem apenas um voto.

Carlos Maneschy acompanhou a apuração, satisfeito com o índice de aprovação expresso nos resultados: “Nas três categorias, o índice de aprovação da chapa - porque essa eleição foi quase um referendo - foi aproximadamente de 90%, o que demonstra que o trabalho executado foi bem avaliado pela comunidade. Isso nos orgulha e motiva ainda mais para os próximos quatro anos de trabalho”.

Mesmo sendo chapa única, o professor Amauri Gouvêia, do Núcleo de Teoria e Pesquisa do Comportamento (NTPC/UFPA), fez questão de manifestar sua opinião e garantir o seu direito. “É importante a participação da comunidade acadêmica, referendando a ideia que está sendo posta em votação”, declarou.

O técnico-administrativo Fortunato Neto, do Laboratório de Memória e Patrimônio Cultural (LAMEMO/UFPA), compartilha da mesma opinião sobre a importância da participação do processo eleitoral. “Mesmo sabendo que já é um candidato eleito, visto que só é uma chapa que concorre, é fundamental que as pessoas manifestem sua opinião, seja votando a favor ou nulo”.

Para a estudante Taís Medeiros, do curso de Estatística, “a universidade é como se fosse uma segunda cidade, por isso é preciso votar, porque só assim poderemos, lá na frente, cobrar daqueles que foram escolhidos. Isso é um compromisso de todos”, afirma.

Homologação

O Conselho Superior Universitário (Consun) deverá reunir no dia 18 de dezembro para a homologação do resultado da consulta à comunidade universitária. Após a homologação, a Universidade deverá enviar ao Ministério da Educação uma lista tríplice com os nomes dos candidatos a reitor e a vice-reitor para apreciação. Embora a legislação permita que qualquer um da lista seja escolhido, há alguns anos, o MEC tem respeitado o resultado da consulta e nomeado o preferido pela comunidade universitária, segundo a votação.

(Fonte: Ericka Pinto – Assessoria de Comunicação da UFPA/Fotos: Alexandre Moraes)