Logomarca IBE

Profletras é lançado em cerimônia na Capes

Foi lançado esta semana, na sede da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), o Programa de Mestrado Profissional em Letras (Profletras), inspirado no Programa de Mestrado Profissional em Matemática em Rede Nacional (Profmat). O curso será oferecido em rede nacional por meio do Sistema Universidade Aberta do Brasil (UAB).

"É um orgulho para a Capes avançar no terreno da educação básica. O Profmat já é o maior programa de pós-graduação que temos atualmente, com 2.800 alunos matriculados, todos professores da educação básica, e certamente o Profletras contribuirá ainda mais para multiplicar os recursos humanos de qualidade, os quais o Brasil ainda tem tanta deficiência", disse o presidente da Capes, Jorge Almeida Guimarães. Ele citou ainda outras ações voltadas à formação dos professores da educação básica como o Programa de Licenciaturas Internacionais (PLI), que teve seu início com intercâmbios para Portugal, mas já abriu uma nova edição para a França, que está com inscrições abertas até 8 de maio, além de estar em processo de expansão para outros países.

O secretário de Educação Superior do Ministério da Educação (SeSU/MEC), Paulo Speller, ressaltou a satisfação em assumir a SeSU e encontrar programas bem estruturados como o Profletras e Profmat. "Com o avanço para outras áreas, certamente teremos um aporte muito grande para a educação básica. Iniciativas como essas eram impensáveis no passado. Após um longo caminho percorrido, temos, hoje, resultados concretos."

João Carlos Teatini, diretor de Educação a Distância da Capes, relatou que o diferencial do programa é a constituição de uma rede nacional. "Temos uma matriz que produz material de qualidade que será compartilhado entre outras instituições que não tem tantas condições. Estamos formando parte da bibliografia para a educação brasileira." Coordenação A reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, instituição responsável pela coordenação do Profletras, Ângela Maria Paiva Cruz, disse que o programa não sairia do papel se não fosse a presença de uma equipe preparada para tal. "Elaboramos e consolidamos o Profletras demonstrando o nosso propósito e determinação de fazer uma coordenação como a Capes precisa, como o Brasil precisa e, principalmente, como os professores da educação básica precisam.

Ao fim do lançamento, o programa foi apresentado pelo coordenador da área de Letras/Linguistica da Capes, Dermeval da Hora Oliveira. Além de explicitar a importância do programa, o coordenador ressaltou que a área tem muito a contribuir com a educação básica. "O Profletras é o primeiro passo para isso." Também participaram do lançamento o diretor de Avaliação da Capes, Livio Amaral, e a diretora de Formação de Professores da Educação Básica da Capes, Carmen Moreira de Castro Neves.

 

(Texto: Natália Morato/Foto: Guilherme Feijó – CCS/Capes)