Logomarca IBE

Universidades do IBE estão entre as melhores da América Latina

Todas as universidades brasileiras que integram o Instituto de Estudos Brasil Europa (IBE) aparecem na lista das melhores universidades latino-americanas, segundo novo ranking publicado no último dia 13 de junho pela instituição britânica QS (Quacquarelli Symonds).
A Universidade de São Paulo (USP), lidera a lista, seguida da Universidade Católica do Chile e da Universidade de Campinas (Unicamp), outra parceira do instituto. Entre as dez primeiras da América Latina, aparece também a Universidade Federal do Rio Janeiro (UFRJ), que saltou da 19ª posição em 2011 para a 8ª neste ano.
As seis integrantes do IBE que aparecem na lista das top 10 brasileiras são: USP, Unicamp, UFRJ, UFMG, Unesp e UnB, a mais nova associada do instituto. As demais instituições consideradas as melhores da América Latina e que fazem parte do IBE são: Universidade Federal de Pernambuco (UFPE); Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS); Universidade Federal do Paraná (UFPR); Universidade Federal de Pelotas (UFPEL); Universidade Federal do Pará (UFPA), Universidade Federal de Goiás (UFG) e Universidade Federal do Piauí.
“A presença de parceiras e afiliadas do IBE na lista das melhores da América Latina mostra a solidez deste consórcio de universidades”, comemora o coordenador do instituto, Moacyr Martucci Jr. Ele destaca que o esforço das universidades em fortalecer o diáologo acadêmico entre o Brasil e a Europa já tem apresentado resultados concretos. É que o IBE anunciou recentemente um programa de Mestrado em Estudos Europeus e um curso de Especialização em Gestão Pública. Ambos terão início em 2013.