Logomarca IBE

Fapesp Week London destaca a cooperação científica entre o Brasil e a Europa

Alguns importantes avanços na ciência e no desenvolvimento de novas tecnologias, obtidos nos últimos anos por pesquisadores do Brasil e da Europa, serão temas de debates durante a Fapesp Week London, que ocorrerá entre 25 e 27 de setembro na Royal Society, em Londres.

Realizada pela Fapesp, com apoio do British Council e da Royal Society, o simpósio ajudará a expandir parcerias em ciência e tecnologia entre o Brasil e países europeus. Durante a Fapesp Week London, pesquisadores de diversas instituições de ensino superior e de pesquisa no Brasil apresentarão resultados de seus trabalhos. Entre eles estarão Carlos Alfredo Joly (Universidade Estadual de Campinas e BIOTA-FAPESP), Paulo Eduardo Artaxo Netto, Lisete Compagno Michelini, Maria Immacolata Vassalo de Lopes e Siu Mui Tsai (Universidade de São Paulo), Luciana Vanni Gatti (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares) e E.A. Thoroh de Souza (Universidade Mackenzie). 

Os cientistas brasileiros debaterão com pesquisadores de várias instituições na Europa, tais como Martyn Poliakoff (Royal Society), Peter Olesen (Danish Council for Strategic Research), Georgina Mace e Jeremy Woods (Imperial College London), Gordon McFiggans (University of Manchester) e Philip Macnaghten (Durham University).

Entre os temas a serem debatidos, muitos se encontram na fronteira da ciência, como Biodiversidade, Genômica, Mudanças Climáticas, Biocombustíveis e Nanotecnologia. O simpósio também terá painéis sobre “Colaboração científica internacional”, “Mudanças e Oportunidades na Pesquisa Colaborativa Universidade-Indústria” e “Cultura Científica”.

A Fapesp Week London ocorre em um momento em que a pesquisa científica brasileira atinge seu mais alto patamar de projeção internacional, com índices que demonstram a crescente participação do país no sistema global de ciência e tecnologia. “O trabalho da Fapesp em priorizar a intensificação das relações internacionais para pesquisadores e instituições de ensino superior e de pesquisa no Estado de São Paulo gera e amplia o conhecimento em todas as áreas em que ele é feito. No mundo contemporâneo, a ciência é uma atividade que depende mais e mais dos esforços de colaboração internacional, especialmente porque muitos dos fenômenos mais importantes na ciência não ocorrem apenas nacionalmente”, disse Celso Lafer, presidente da Fapesp.

A inscrição no Fapesp Week London é gratuita. Mais informações: www.fapesp.br/week2013/london

 

(Fonte: Agência Fapesp)