Logomarca IBE

O Panorama da Internet das Coisas no Brasil e no Mundo

“O Panorama da Internet das Coisas no Brasil e no Mundo”

30 de Agosto de 2012

Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – São Paulo

 

Participantes:

Moacyr Martucci – Instituto de Estudos Brasil Europa

Philippe Cousin – Atual Responsável técnico projeto PROBE-IT

Demi Getschko – Presidente NIC.BR

João Neves Fernandes – Diretor Perception

Gabriel Marão – Presidente Perception

Mauro Noda – IPT

Alessandro Santiago – IPT

Demi Getschko – Presidente NIC.BR

André Santos – Gerente FIT

Paulo Taddone – GS1

Wilson Silva – GS1 Brasil

Suely de Pieri Baladei – Gerente RFID

Dr. Antonio Bordeaux-Reço – CpqD

Alessandro Bassi – Atual responsável técnico de Projetos IOT-A e IOT-I

José Roberto Amazonas – EPUSP/LCS

Jose Vidal Bellinetti – Diretor ITS

Fernando Claro – SEAL – Vice Presidente

Clovis Cabreira – CPqD

Ana Maria Cárdenas Soto – Universidad de Antioquia, Medellín Colômbia

 Renata Rampin - RFID CoE

Carlos Venicius Frees – ABDI

Eduardo Dias – USP

Alexandre Pitta – UOL

Ivany Lima – Perception

Victor Mammana - Diretor CTI

Wilian França Costa - Epusp

 

A atividade foi iniciada com a assinatura do MoU entre a PROBE-IT e o Instituto de Estudos Brasil Europa, assinado respectivamente pelo Sr.Philippe Cousin e pelo Prof. Moacyr Martucci. Após a assinatura foi elucidado de maneira sucinta a importância e a finalidade de tal parceria estabelecida no campo do incentivo à pesquisa e a inovação.

Em seguida passou-se a exposição sobre o tema “Internet das Coisas”, a qual tinha como objetivo maior a troca de experiências e informações entre a comunidade acadêmica e empresarial do Brasil e da Comunidade Européia. Tal foi organizada buscando contemplar diversas experiências e visões advindas das mais variadas instituições, sendo estipulado como agente facilitador o tempo de 20 minutos para cada palestrante, tendo como mediador o Sr. Gabriel Antonio Marão.

 Dessa maneira, expressando-se de forma direta cada palestrante advindo de uma Instituição diferente apresentou seu panorama sobre o uso desse conceito como ferramenta de grande utilidade dentro das diversas áreas específicas. A “Internet das Coisas” foi mostrada como atuante na área de monitoramento tendo seu uso contemplado através de censores, assim como na área de mapeamento e catalogação facilitando, por fim, a vida social e econômica dos seres humanos. Assim, partiu-se, de forma geral, do seu uso no terreno da agricultura até a concepção das chamadas “Cidades Inteligentes”, perpassando temas de relevância mundial e nacional tais como a reciclagem e gestão de resíduos, as formas de governança e o desenvolvimento da infra-estrutura, assim como, o mecanismo de prevenção frente a desastres naturais.

Sendo assim, tal evento permitiu a todos os participantes a ampliação da compreensão desse tema através de lentes focadas em termos macro. Além disso, demonstrou-se também funcional no seu fim de possibilitar a formação de uma rede potencial de intercâmbio de informações.