Logomarca IBE

MCTI define representantes para Comitê do IBE

 O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) atendeu ao convite do Instituto de Estudos Brasil Europa (IBE) e irá integrar as futuras discussões do Comitê de Assessoramento Estratégico. O MCTI será representado pela chefe de Assessoria para Assuntos Internacionais do MCTI, Carmen Ribeiro Moura, que assume a função de titular, e Ana Lúcia Stival, coordenadora na assessoria, que será suplente.

O Comitê de Assessoramento Estratégico do IBE é constituído por representantes dos associados e projetos apoiadores, com a participação prevista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (Cietec), Clube de Roma, Comissão Europeia e sociedade civil - esta última representada por pequenas e médias empresas e organizações não-governamentais. O que une estes atores no projeto é o interesse pelo fortalecimento das relações entre Brasil e Europa.

A função do comitê é o direcionamento estratégico do IBE, sendo que a presença dos representantes da sociedade civil apoiará o encaminhamento das ações para as necessidades mais importantes das comunidades beneficiadas pelo instituto. As reuniões ocorrem semestralmente nas sedes dos parceiros ou nos centros de apoio regionais.

Entre as universidades associadas que compõem o Comitê de Assessoramento Estratégico estão a Brunel University, com Thomas Owens; Ecole Nationale d´Administration (ENA), com Cristina Mendes Teixeira; Freie Universitat Berlin, com Sergio Costa; Karlstads Universitet, com Anna Brustrom; Universidade do Porto, com Maria de Fatima Saraiva Marinho como titular e João Falcão e Cunha como suplente; Università Degli Studi di Roma La Sapienza, com Antonella Cammisa como titular e Ettore Finazzi como suplente; e Université Libre de Bruxelles, com Mario Telo como titular e Renaud Martel como suplente.